Gestão Empresarial: tudo que você precisa saber para aplicar de modo eficaz e ter resultados em seu negócio

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Qual o caminho para o sucesso? Apesar de parecer simples, essa pergunta tem uma série de interpretações. Um bom passo é ter uma Gestão Empresarial que leve os negócios a um patamar mais alto. Como fazer isso? A tarefa não é fácil, mas os resultados são recompensadores caso atinjam os objetivos propostos.

Portanto, isso passa diretamente por gerenciar equipes, saber interpretar os indicadores e as métricas. Além disso, dados assim ajudam na tomada de decisões. O modo de se planejar, o que precisa fazer. Todos esses fatores devem ser levados em conta a fim de obter resultados.

Sem uma Gestão Empresarial boa, os negócios tendem a ser prejudicados. A engrenagem não vai conseguir girar como deve. Sempre vai ter alguma coisa que parece estar faltando. Desse modo, não esqueça de seguir muito bem as dicas desse texto a fim de conseguir trilhar o caminho do sucesso.

Centralize suas vendas em 1 tela com peçaZap

Gestão Empresarial: tudo que você precisa saber para aplicar de modo eficaz e ter resultados em seu negócio

Muito se fala de Gestão Empresarial. Mas, o que é isso? São técnicas de gestão e planejamento feitas com o auxílio de colaboradores e também ferramentas no dia a dia. Elas visam o crescimento dos negócios por meio de tomadas de decisões com base em indicadores e métricas para corroborar as ações.

Ela envolve toda a organização dos processos. Desde a parte administrativa dos negócios até finanças, materiais e tudo que se mostra necessário para o bom funcionamento. Os setores precisam estar alinhados e em busca dos mesmo objetivos, pois assim as chances de sucesso aumentam e todos saem ganhando.

O principal ponto de atenção é a organização. Sem ela, fica muito difícil conseguir bons resultados. Você percebe que as coisas não funcionam por meio dos indicadores. Eles vão te mostrar o que precisa ser feito. Ao mesmo tempo, ilustram a importância da Gestão Empresarial para qualquer empresa.

Importância dos indicadores

Os indicadores são, na verdade, como métricas que funcionam a exemplo de um termômetro. Desse modo, vão mostrar qual a real situação dos negócios. A partir de então, dá para quantificar os resultados e entender o que precisa mudar, assim como o que deu certo e deve ser mantido ou aperfeiçoado.

Quando você não tem estatísticas nos negócios, as ações são tomadas no escuro. Em suma, não dá para ajustar processos ou gerenciar equipes. Afinal, não há base para a tomada de decisões. Imagine dizer aos colaboradores que precisam melhorar, mas não ter números para confirmar o pedido. Portanto, existem métricas que merecem atenção.

Rentabilidade

Consiste na relação entre lucro e investimento. Ou seja, quanto você gastou e quanto tem tido de retorno para os negócios. Uma parte muito importante para as finanças.

Produtividade

Mede todos os recursos para gerar o produto. Portanto, os indicadores precisam estar muito bem alinhados e definidos. Assim, facilita o cálculo, pois tudo precisa ser levado em conta – mão de obra, recursos, investimentos.

Turnover

Mostra a rotação de colaboradores dentro da empresa. Quanto maior o turnover, pior para sua empresa, pois mostra que é preciso mudar alguma coisa. Muito importante na hora de gerenciar equipes.

Conversão

Mais um que aparece entre indicadores e métricas importantes para o negócio. Serve para mostrar quantos dos leads coletados se transformaram em clientes. Essencial para quem tem estratégias de marketing na empresa.

Ticket Médio

Como estão os gastos do seu cliente? É por meio dessas métricas que você vai descobrir. O Ticket Médio representa o valor médio que tem sido gasto. Basicamente, envolve variáveis como o faturamento e o número de clientes. Também pode mostrar então a satisfação do consumidor com os negócios.

Esses, portanto, são exemplos de indicadores que podem fazer parte da Gestão Empresarial. Há outros também, mas que variam conforme o segmento da sua empresa. Ao mesmo tempo, saiba que interpretar os dados é extremamente importante, pois melhora a tomada de decisão e não faz você agir no escuro.

Planejamento move a engrenagem

Uma empresa não vai a lugar nenhum sem planejamento. Ele é parte importante da Gestão Empresarial, inclusive ao direcionar as ações. Algo importante nesse aspecto é definir metas, que precisam ser alcançáveis e desafiadores. Os colaboradores devem se motivar a conquistar, mas também não podem ser impossíveis a ponto de desmotivar.

Com base nisso, os indicadores despontam outra vez como muito importantes. O planejamento tem que levar em conta as métricas que os relatórios das empresas apresentam. Por exemplo, se tudo caminhar bem, você se planeja de uma forma. Agora, quando não dá certo, corrige o rumo por meio dos números obtidos.

O planejamento também aparece, por exemplo, ao gerenciar equipes. Na hora de contratar, nenhuma empresa chama um colaborador novo sem se planejar. Tem que avaliar o lado financeiro, saber as necessidades, o perfil do candidato, fazer um processo seletivo. Nada vai rolar sem uma boa e eficiente preparação.

Fique de olho no CAC

Você já ouviu falar em CAC? Significa o Custo de Aquisição de Clientes. Ele é muito importante para as métricas de finanças dentro dos negócios, pois é resultado da soma dos investimentos feitos dividido pelo número de clientes que vieram à empresa em um período de tempo estabelecido.

Ele deve estar presente nos indicadores mensalmente. Assim, ajuda a medir o nível da saúde financeira. Entretanto, nem sempre o valor vai ser o mesmo, principalmente ao fazer novos investimentos, como contratar mais pessoal. Tudo deve ser colocado na ponta do lápis para medir corretamente.

Alguns fatores devem ser levados em conta como parte dos investimentos. Salários, comissões, infraestrutura, anúncios. Tudo faz parte na Gestão Empresarial. Assim como os novos clientes só devem ser colocados na conta se forem fruto dessas estratégias. Pessoas vindas de outra forma não devem entrar.

O CAC se mostra muito importante para os negócios, pois mostra se os investimentos feitos estão acontecendo de modo correto. Desse modo, tem como corrigir os rumos se as coisas não estiverem boas. Ao mesmo tempo, ver o que dá para mudar nas finanças a fim de ter melhores resultados.

Gestão Empresarial Formulário e-Book

Não esqueça do LTV

O LTV significa o Life Time Value. Ele representa o valor de um cliente para a empresa, sendo muito importante para entender o comportamento do consumidor e quanto ele gasta com seus produtos. Desse modo, atuando em conjunto com o CAC ao permitir avaliar o desempenho nesse aspecto.

Um exemplo prático pode ser visto em negócios que oferecem mensalidades. Vamos supor que a empresa venda uma assinatura de R$20 por mês e o cliente contrate por 10 anos. O LTV pode ser calculado como a média do que o indivíduo gastou. Então, você multiplica os R$20 (ticket médio) pelos 12 meses (média de compra), o resultado faz vezes 10 (tempo). Encontra assim o valor.

Por que esse é um dos indicadores mais importantes na Gestão Empresarial? Ele ajuda a medir o potencial de investimento dos consumidores, atuando sempre ao lado do CAC. Quanto maior o LTV, melhor para os negócios, pois significa que os lucros também estão em alta. Isso permite alinhar as estratégias de investimentos.

Com isso, são três importantes indicadores que atuam ao lado do LTV. O CAC, como já citado anteriormente, nunca deve ser maior, nem mesmo chegar próximo. Outro é o Ticket Médio, pois você vai saber quanto o cliente geralmente gasta. Por último, a Taxa de Abandono, já que ela interfere à medida que os consumidores deixam os negócios.

Como gerenciar equipes?

Todas as dicas anteriores são importantes, principalmente quanto aos indicadores e ao planejamento. Entretanto, a Gestão Empresarial não vai ser completa sem uma boa equipe. Como em um time de futebol, você precisa ter colaboradores com diferentes habilidades. Assim, eles vão se somar para ter sucesso.

Aquela velha máxima de “duas cabeças pensam melhor que uma” serve para os negócios. Diferentes colaboradores possuem diferentes experiências de vida. Logo, também têm características que podem ajudar no trabalho do dia a dia. Desse modo, a empresa só tende a ganhar com um “quebra-cabeça” de talentos que se encaixa.

Por isso, gerenciar equipes envolve uma parte muito importante da Gestão Empresarial. O planejamento deve envolver desde a contratação até o treinamento. Errar na primeira etapa já provoca um desgaste desnecessário, bem como todo lugar, independente do segmento, deve evitar o turnover de colaboradores. Portanto, mantenha os profissionais sempre atualizados e ofereça cursos, palestras e treinamentos a fim de capacitá-los.

Dicas para gerenciar equipes

  • Contrate profissionais alinhados aos valores da empresa.
  • Forneça treinamento constante a todos nos negócios.
  • Acompanhe a evolução e o desempenho de cada um.
  • Tenha perfis diferentes, mas que se complementem.
  • Exerça papel de liderança a fim de dar um norte ao time.
  • Mantenha um bom clima organizacional no dia a dia.
  • Dê e receba feedbacks.

Feedback ajuda os dois lados

Os feedbacks são muito importantes dentro da estratégia de Gestão Empresarial. Acima de tudo, manter um diálogo saudável com o colaborador ajuda no dia a dia. Informe, por exemplo, como está o desempenho dele, o que pode melhorar e elogie. Feedbacks são importantes tanto para empregadores quanto empregados.

Qual a forma certa de dar uma resposta assim? Os feedbacks podem levar como base as métricas. Assim, o gestor tem maior base para formular sua opinião. Acima de tudo, o líder dos negócios deve saber o tom a adotar, principalmente se for uma crítica construtiva ou alguma dica para melhorar o trabalho do colaborador.

Isso só vai ser possível, portanto, se houver um acompanhamento ao gerenciar equipes. Um bom líder sabe o momento exato de conversar com as pessoas, sempre de modo certo, sem excessos. Assim, o diálogo pode ser feito de maneira correta, sem ofender ou prejudicar ninguém. Técnicas do tipo fazem parte da Gestão Empresarial.

Má administração pode custar caro

Um levantamento do Sebrae aponta que 6 em cada 10 empresas brasileiras fecham após cinco anos da abertura em decorrência da má administração. Para que sua empresa não entre nessa triste estatística, é fundamental ter uma boa Gestão Empresarial, pois assim os indicadores vão mostrar boas notícias.

Motivos que levam negócios à falência

  • Não conhecer o público-alvo na hora de vender
  • Ignorar indicadores do mercado sobre a situação
  • Ter problemas com finanças por falta de conhecimento
  • Seu time não estar alinhado às expectativas dos negócios
  • Não se importar com o feedback dos clientes
  • Planejamento mal feito e sem organização

Torne a tecnologia aliada

Para ter organização em meio à empresa, todo lugar deve investir em tecnologia. Hoje, existem ferramentas que podem auxiliar no atendimento ao cliente e nas vendas, resultando em uma boa Gestão Empresarial. Elas conseguem, inclusive, fornecer relatórios personalizados com indicadores de desempenho.

Assim, saber usar os novos recursos pode ser a chave para trilhar um caminho de sucesso. Eles podem proporcionar a redução de custos nos negócios. Tudo pode ser salvo no ambiente digital e ainda abre caminho para automatizar processos, colocando os colaboradores em demandas mais específicas, o que pode melhorar a produtividade.

Essa tecnologia também vai dar um clima de inovação na empresa. Para o cliente faz diferença, uma vez que os negócios passam a imagem de modernidade. Junte a uma melhor comunicação com o consumidor, podendo aumentar a satisfação. Desse modo, mais pessoas vão ter uma opinião positiva e isso vai ser visto nas métricas.

OBTENHA RELATÓRIOS PERSONALIZADOS E ACOMPANHE O DESEMPENHO DO SEU TIME

Televendas Fácil Esqueça PABX Telefone ou Operadoras

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba primeiro os principais novos conteúdos

Leia mais

Faça sua busca por um texto em nosso blog!

Espere! Não vá embora agora!

Ganhe 50% de desconto em ferramenta para dobrar suas vendas, veja uma demonstração agora.

Espere não vá embora agora!

Responda os clientes com mais agilidade

Nunca mais deixe ninguém esperando por resposta.

Responda os clientes com mais agilidade Popup Empresa Digital