M-Commerce: saiba o que é e como a prática pode ajudar nas vendas do seu negócio

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Se preferir, ouça o conteúdo sobre M-Commerce e como ele pode ajudar seu negócio.

Se você está lendo esse texto, tem uma grande chance de fazer isso pelo celular. Hoje, o aparelho se tornou o “melhor amigo” de muitos brasileiros. Uma pesquisa da FGV (Fundação Getúlio Vargas) apontou a existência de 234 milhões de linhas móveis no país. Todas usadas com diversos fins – redes sociais, diversão, jogos, vendas.

Esse último motivo chama atenção. Anteriormente, os telefones móveis tinham maior uso em ligações. Entretanto, com a popularização e chegada dos smartphones, as pessoas passaram a utilizar a internet. Assim, muitas empresas viram a oportunidade de crescer ali. Não à toa, o M-Commerce tem ganhado terreno.

Você já ouviu falar dele? Sabe como pode ajudar ao vender pelo celular? Há também quem goste de comprar pelo celular. Portanto, continue a leitura desse texto e conheça mais sobre essa modalidade. Já adianto: se você ainda não está usando, está ficando para trás dos concorrentes e perdendo vendas.

Centralize suas vendas em 1 tela com peçaZap

M-Commerce: saiba o que é e como a prática pode ajudar nas vendas do seu negócio

O termo M-Commerce foi criado há mais de 20 de anos por Kevin Duffey, mas ganhou popularidade mais recentemente. Ele se refere ao comércio por meio de dispositivos móveis, sendo a abreviação para “mobile commerce”. É comprar pelo celular e também vender pelo celular. Bastam alguns toques e pronto.

Somente no ano passado, o setor cresceu 78% impulsionado pela pandemia de Covid-19, segundo o Webshoppers. Com as medidas de restrição, muitos comércios precisaram encontrar outras formas de continuar as vendas. Uma das alternativas foi o mobile, tanto por sites quanto por redes sociais.

Em seis meses, o número de pessoas que já compraram pelo celular saltou de 85% para 91%. Isso reforça a tendência de alta no segmento. Acima de tudo, as empresas vão buscar formas de garantir uma experiência mais personalizada, ágil e segura para acelerar o processo e triplicar as vendas.

O que explica o aumento nas vendas?

Por que o M-Commerce registrou esse aumento? Se a gente recortar apenas 2020, óbvio que a pandemia teve papel importante. Entretanto, essa alta já vem de antes. Um ponto importante se dá pela mudança de pensamento das empresas. Elas entenderam que as redes sociais são importantes para a estratégia de vendas.

Desse modo, passaram a investir nesses canais. WhatsApp, Instagram, Facebook, entre outros. Todos se destacam como forma de anunciar e se comunicar com o consumidor. Traz uma relação de proximidade às pessoas, que veem a chance de resolver problemas ou comprar pelo celular em minutos. Não existe complicação.

Além disso, a popularidade coincide com o crescimento dos dispositivos móveis. De acordo com a Salesforce, 8 em cada 10 pessoas acessa a internet por meio do seu celular. Acima de tudo, o brasileiro gasta, em média, 3h31 min por dia em redes sociais, é o terceiro país do mundo no quesito. Há mais celulares no Brasil que pessoas (234 milhões contra 210 milhões).

Estratégia de negócios

O M-Commerce reforça uma informação importante: as redes sociais se tornaram estratégias de vendas para as empresas. Elas entenderam que precisam estar nesses locais para melhorar os números. Mais que anunciar, as mídias também serve como um modo de se comunicar com os consumidores.

Hoje, existem ferramentas que potencializam ao vender pelo celular. Elas permitem, por exemplo, centralizar as vendas em um só lugar. Por meio de uma só tela, os vendedores podem se comunicar com os clientes de modo muito mais assertivo e ágil. Isso permite melhora nos resultados.

Existem diferentes formas de usar as redes sociais. O Instagram e o Facebook são muito indicados para anúncios a fim de atingir o público certo. Ao mesmo tempo, podem ser importantes aliadas quanto ao uso de imagens mais bem elaboradas como forma de divulgar os produtos e impactar as pessoas.

O WhatsApp, por sua vez, é um aplicativo que ajuda as vendas de outra forma. Ele permite melhorar a comunicação com o cliente. Afinal, uma mensagem pode resolver o problema de modo instantâneo. Mostra ser um canal muito mais fácil de conversar com as pessoas. Além disso, agora tem como pagar pelo aplicativo.

Usos das mídias no M-Commerce

  • 87% dos entrevistados usam o Instagram para vendas
  • 96% usam o Instagram como forma de divulgar a marca
  • 80% têm o Facebook como principal estratégia de divulgação
  • 71% aproveitam o WhatsApp para levar a marca a mais pessoas
  • 95% preferem o WhatsApp como meio de atendimento ao cliente
  • Vendas pelas redes sociais saltaram de 22% para 34% no último ano

Fonte: NuvemCommerce

5 dicas para um bom uso do segmento

Com o M-Commerce em alta, urge a necessidade de empresas criarem experiências personalizadas para os clientes. Quando um setor está em alto, significa que mais pessoas estão fazendo a mesma coisa. Ou seja, você precisa encontrar formas de ter mais pontos positivos na hora de vender pelo celular.

Portanto, seguir algumas dicas pode te ajudar a ter um melhor rendimento. Acima de tudo, vai trazer resultados positivos para os seus números com vendas. Um bom trabalho aliado a ferramentas de atendimento são capazes de impulsionar os números pelos dispositivos móveis.

1. Agilidade e rapidez

Um ponto essencial para o cliente que deseja comprar pelo celular é a rapidez no atendimento. Imagine que o consumidor queira tirar uma dúvida ou resolver um problema. Ele então envia mensagem e quer uma resposta em minutos. Se for instantes, melhor ainda. Mais que isso pode prejudicar a imagem do seu negócio.

As redes sociais permitem essa agilidade. Acima de tudo, existem ferramentas capazes de automatizar as respostas para que sejam enviadas de modo certeiro. Desse modo, garante a satisfação do consumidor ao tentar usar o M-Commerce a fim de comprar pelo celular.

2. Esteja onde os clientes estão

Mesmo que as redes sociais sejam muito populares, nem todos costumam estar em diferentes mídias. Portanto, isso destaca a necessidade de você oferecer um atendimento multicanal. O que significa? Você consegue oferecer atendimento em diferentes lugares, assim abrange um público maior.

WhatsApp, Instagram, Facebook, e-mail. São lugares em que você pode atingir públicos diferentes. Hoje, ter esse trabalho diferente ajuda na satisfação do consumidor. Desse modo, você oferece ao consumidor variadas opções de interação e suporte para que ele resolve suas pendências de maneira rápida.

3. Métodos de pagamento

A pessoa que decide comprar pelo celular, geralmente, está em um momento descontraído. Sentada no sofá, fazendo outra coisa. Nada pode ser complicado ao longo do processo de vendas. Desde os primeiros toques até o momento do pós-vendas. Tudo deve ser pensado na facilidade da navegação.

Portanto, a forma de pagamento também deve ser simples. Não queira criar muitas etapas ou barreiras na hora de vender pelo celular. Isso não vai ajudar em nada. Pelo contrário. A tendência é prejudicar os números. O que também pode ajudar é ter diferentes formas de pagar, como cartões, boleto, PIX, transferência, entre outros.

4. Olho na segurança

Hoje, os golpes estão muito desenvolvidos e afetam até mesmo celulares. Desse modo, não esqueça da segurança na hora de vender. Isso serve para um comércio eletrônico que faz as vendas por M-Commerce, por lojas quem usam as redes sociais para fazer negócio, entre outros meios.

Ter esse ponto muito bem reforçado ajuda a evitar outras dores de cabeça. Além disso, é bom para as duas partes. O dono do comércio e o consumidor não correm risco de terem dados expostos, e ninguém se sente ameaçado pelo outro. A confiança entre os envolvidos, portanto, tende a aumentar.

5. Divulgue seu M-Commerce

Não importa como as vendas acontecem. Pode ser por meio de um site, pelas redes sociais ou qualquer outra forma. O importante é que o maior número possível de pessoas saiba sobre seu M-Commerce. Assim, as chances de você vender pelo celular aumentam, bem como a quantidade de consumidores que te conhecem.

Você pode investir em diferentes formas de fazer isso, principalmente por anúncios nas próprias mídias como Instagram e Facebook. Entretanto, nada supera um trabalho bem feito. Os clientes satisfeitos vão contar para outros e, desse modo, se cria um ciclo em que todos saem felizes com os resultados.

Dica extra: tenha uma ferramenta de atendimento multicanal

Quando seu negócio tem um M-Commerce, ele precisa estar preparado para fazer um bom atendimento ao cliente. Desse modo, oferecer diferentes canais de comunicação. No meio online, as redes sociais podem ser importantes aliadas nesse quesito. Portanto, nomes como WhatsApp, Instagram e Facebook.

Hoje, uma ferramenta chamada peçaZap pode te ajudar com isso. Desse modo, todas as mensagens vão ficar em apenas um lugar. Não há risco de esquecer de responder um cliente, pois tudo vai estar concentrado. Assim, para saber mais sobre a ferramenta, acesse o site.

M-Commerce: saiba o que é e como a prática pode ajudar nas vendas do seu negócio

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba primeiro os principais novos conteúdos

Leia mais

Faça sua busca por um texto em nosso blog!

Economize agora na conta de telefone da sua empresa!

Utilizando essa nova operadora para empresas, você economiza até 50% do seu custo atual

Descubra na prática como vender mais com dicas eficientes blog empresa digital vulcanet